X EDIÇÃO DA MOSTRA DULCINA – RIO

Teatro Dulcina de MoraesEspetáculos Teatrais grátis até 03 de dezembro

O mundo nunca precisou tanto dos poetas, (…), como agora”.
Plínio Marcos

Criada em 2005 e realizada ao final de cada semestre letivo, a Mostra Dulcina chega à sua X edição, especialmente dedicada ao dramaturgo Plínio Marcos (1935-1999), um dos nomes mais importantes de nossa dramaturgia e para sempre lembrado como o “bendito-maldito”, incansável porta-voz dos excluídos e marginalizados.

Nessas dez edições, a Faculdade Dulcina produziu mais de 40 espetáculos, além de oficinas, intervenções cênicas, seminários e exposições de artes visuais. Isso para nós é motivo de orgulho, por manter uma iniciativa cultural de qualidade e continuidade que, ao longo desses anos, oportunizou para milhares de pessoas o contato efêmero e significativo com a arte.

VIÚVA, PORÉM HONESTA

O ponto de partida de “Viúva, Porém Honesta” foi, sem dúvida, o desejo incontornável que teve Nelson Rodrigues de vingar-se da crítica teatral. Nessa circunstância, o melhor veículo é a farsa desabrida, que tenta expor o antagonista ao ridículo. Por isso, Ivonete, a viúva do título, filha do proprietário de “A Marreta”, o maior jornal do Brasil, Dr. J.B. de Albuquerque Guimarães, escolhe para marido um foragido do SAM (Serviço de Assistência aos Menores), apelidado por Dorothy Dalton (estrela do cinema mudo) e que o redator-chefe acaba de promover a crítico de teatro. Retrato “escrito e escarrado”, segundo ele, do crítico teatral da nova geração, o jovem Dorothy morreu atropelado, segundo uns por um papa-fila, segundo outros por uma carrocinha de chica-bom, o que finaliza a desmoralização. O impulso anárquico de Nelson funciona como metralhadora giratória e o leva a demolir todos os valores: “Que é falsa a família, falsa a psicanálise, falso o jornalismo, falso o patriotismo, falsos pudores, tudo falso!”. A conclusão logo se impõe: “O diretor de jornal vende o Brasil; o redator-chefe vende a família. O psicanalista não cura nem brotoeja; o otorrino só lê brucutu.” Felizmente, “Viúva, Porém Honesta” não se contém na sátira a critica. Ao ampliar o foco para supostos pilares da sociedade ela adquire inequívoca transcendência. (Sábato Magaldi, 1997).

Local: Teatro Dulcina de Moraes – SDS Bloco C – Tel.: 3224-5369
Datas: De 26 de novembro a 03 de dezembro de 2009
Horários: de quinta a quinta, às 21h e domingo, às 20h.
Entrada franca.
Duração aproximada do espetáculo: 1h30
Indicação etária: 14 anos

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *