O Soldado E o sacristão

As DESGRA?AS de uma Criana 1A comédia – escrita pelo dramaturgo carioca e Edição Única da comédia de costumes no Brasil – Temas como explora triângulo amoroso, amores proibidos e casamento por interesse. Toda a trilha sonora é feita ao vivo e os atores estão o tempo todo no palco, seja em cena ou em segundo plano

Direção de Jairo Mattos, O Soldado E o sacristão, de Martins Pena, Estreia da montagem em Cia. Confraria do Beco, no Teatro Sérgio Cardoso

O Soldado E o sacristão, De Martins Pena,Estreia da montagem em Cia. Confraria do Beco, Dirigida por Jairo Mattos, sábado dia 6 de março, às 21 horas, Na Sala Paschoal Carlos Magno, do Teatro Sérgio Cardoso. O espetáculo valoriza o circo-teatro e é uma leitura ingênua, cômica e inteligente de situações que até hoje estão presentes em nossa sociedade. A CIA mantém o estilo da língua portuguesa utilizado na época eo texto original de Martins Pena.

A peça se desenrola no Rio de Janeiro, século 19. Manuel, um sacristão Boa-Vida, se apaixona por Rita, filha de Abel, o velho senhor de posses.  Rita é mãe de um bebê, Lulu, que fica sob os cuidados de Madalena, assediada pelo velho. A babá, por sua vez, namora às escondidas o soldado Pacífico. Os dois marcam encontros secretos diversos.

Na véspera de Natal, todos se preparam para o grande acontecimento: a Missa do Galo. Inconformada por não ter uma vida divertida e com vontade de ir à missa, Madalena tenta convencer Pacífico um cuidar de Lulu, que, seduzido Cedendo acaba,. Mas o bebê, estranhando o soldado, chora sem parar. Na tentativa de se vestir de Madalena para acalmar o bebê, diversos imprevistos se desencadeiam.

Marca própria da companhia, O grupo permanece no palco durante todo o espetáculo. O ator que não Estiver Em Cena pode estar fora do picadeiro tocando algum instrumento ou encaixado nas asas de anjo representando, como emoções que transmite o espetáculo para o público, mas sempre dentro do campo de visão da plateia.

Música, cenário e figurino
Outro diferencial do grupo, é a trilha sonora, feita ao vivo. Como São canções  de autoria da diretora musical da Companhia, Tânia Marilis, ou de domínio público, adaptadas para o espetáculo. Como requisito para fazer parte da Cia. Confraria do Beco, os atores PRECISAM tocar algum tipo de instrumento. Durante a apresentação não existe música mecânica e todo o elenco colabora para a trilha, ao vivo, com violão, teclado, percussão e violino.

O cenário assinado por, Aloísio Salles e Jorge Jacques, Segue uma estética do circo-teatro. O palco principal é o picadeiro, representado por uma lona, com um telão de fundo que mostra uma imagem do Rio de Janeiro. Para separar uma plateia do Picadeiro, ribaltas São utilizadas, composta de quatro módulos nenhum formato de calha. Fazem parte do cenário também um aparador envelhecido eo berço do bebê. Cinco asas de anjo, confeccionadas em chapa branca, auxiliam a definir o ator que está em cena eo que não está.  

O figurino, de Maria Zuquim, chega próximo à realidade da época sem perder toques de contemporaneidade. Mesmo que mínimo, todas as peças de roupa Possuem algum adereço ou detalhe Contemporâneo.

Ingênua Leitura
O diretor Jairo Mattos, que aplica técnicas de circo-teatro sempre que Possível em seus trabalhos. “O teatro de Martins Pena eo circo-teatro Têm características muito parecidas populares, e nos permitem brincar de uma maneira muito sutil, com algumas referências. Contemporâneas O resultado é muito interessante e proporciona ao público uma leitura ingênua, cômica e inteligente de situações que até hoje nos são familiares “, completa o diretor.  

A cia. Confraria do Beco, que nasceu em 2006, tem como tema central de sua pesquisa, uma linguagem cômica. Por meio desses estudos, lança o seu primeiro espetáculo Beterrabas, Segredos e Patacoadas, Com público-alvo infantil. O projeto Martins Pena, ainda em fase de acabamento, teve o incentivo do ProAc E tem pretensão de ganhar vida longa junto ao repertorio da companhia.

Texto: Martins Pena. Direção: Jairo Mattos. Elenco: Chico Neto, Evandro Loiola, Gabriela Lois, Fabiano Geuli, Melissa Nascimento, Paulo Henrique Jordão .. Direção Musical: Tânia Marillis. Iluminação: Jairo Mattos. Cenário: Cenário de Aloísio Salles e Jorge Jacques. Musicalização: Tânia Marillis. Figurinos e Adereços: Maria Zuquim e Juliana Napolitano. Produção Executiva: Confraria do Beco Teatro.

Local: Teatro Sérgio Cardoso – Sala Paschoal. (144 lugares)
Endereço: Rua Rui Barbosa, 153, , Bela Vista – São Paulo,
Bilheteria: de terça a domingo a partir das 14h
Horário(s): Sextas às 21h30, sábados às 21h e domingos às 19h.
Data(s):
até 25 de abril
Preço(s): R $ 20 e R $ 10
Classificação: 12 anos
Duração: 80 Minutos
Vendas pelo Ingresso Rápido: www.ingressorapido.com.br/ 4003-1212
Acesso para deficientes físicos

    Author: Redação

    Share This Post On

    1 comentário

    1. yqS7n5 Really enjoyed this blog post.Thanks Again. Want more.

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *