Meu Trabalho é um Parto

Escrito e interpretado por Veridiana Toledo, sob direção de Marcelo Galdino e Helô Cintra, monólogo cômico estreia no Teatro da União Cultural dia 5 de agosto. A peça é composta por histórias sobre 12 personagens divertidos. Gestantes têm 50% de desconto nos ingressos

Quando decidiu montar o espetáculo, a autora e atriz Veridiana Toledo buscou por histórias reais sobre gestação para a construção do texto. As mais inusitadas deram origem a Meu Trabalho é um Parto, monólogo cômico que estreia dia 5 de agosto, às 21h30, no Teatro União Cultural, sob direção de Marcelo Galdino e Helô Cintra.

Sozinha em cena, Veridiana Toledo vive situações embaraçosas e divertidas, envolvendo mitos sobre a gravidez, alterações de humor e sensibilidade feminina na gestação. Com 12 personagens e mais 13 intervenções vocais, espetáculo conta com diferentes figurinos, adereços (de Marina Reis) e trilha sonora para cada personagem (de Morris Piccioto). O cenário e a luz ficam a cargo de Marisa Bentivegna.

“Veridiana é uma atriz extremamente flexível e isso facilita o trabalho de um diretor. Juntos, criamos um extenso repertório de voz e corpo que dão vida a estas mulheres tão diferentes”, conta Helô Cintra, co-diretora ao lado de Marcelo Galdino. “É uma comédia inspirada em histórias reais, por isso queremos trazer veracidade para estas cenas. Por mais cômicas que sejam, estamos falando de mulheres reais”, completa.

“Os personagens são reais e reconhecíveis. Isso traz fácil identificação para o público”, conta o co-diretor Marcelo Galdino. “Veridiana é uma atriz com uma força criadora interna muito ímpar, singular, além de ser engraçada no palco e na vida real”, completa o diretor, que é casado com a atriz.

Sinopse

Uma atriz grávida (Veridiana Toledo) entra em cena para fazer um teste de seleção de elenco para a peça Romeu e Julieta. Quando o diretor percebe a sua barriga, ele corta a cena e a reprova. Seria impossível Julieta, que acabou de perder a virgindade, ter uma barriga de seis meses de gravidez.

Desolada, a atriz se dirige à plateia em busca de um trabalho para uma grávida e desenvolve, a partir de então, um diálogo direto, contando histórias reais e situações variadas do universo feminino no período de gestação. Sempre com humor e descontração, a atriz se desdobra em diversas personagens que a ajudam a contar as diversas histórias de mulheres grávidas.

O espetáculo começa com casos de humor puro, situações constrangedoras que a gravidez traz. Depois, aos poucos, caminha para a delicadeza, que é o resultado natural de relatos mais emocionais sobre a hora do parto, do nascimento.

Serviço

Local: Teatro União Cultural (285 lugares)
Endereço: Rua Mario Amaral, 209. Paraíso – Telefone 2148 2900 / 2148 2904.
Horário(s): Sextas, às 21h30, sábados, às 21h e domingos, às 20h.
Preço(s): sextas e domingos: R$ 50,00 e sábados: R$ 60,00. ( 50% de desconto para gestante)
Bilheteria:
segunda e terça, das 9h às 17h; quarta a domingo, das 13h às 21h30
Classificação: 14 anos | Duração: 60 minutos
Temporada: 05 de agosto a 13 de novembro de 2011 | Vendas pelo site: www.ingresso.com

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − oito =