Depois da Última Escada – Teatro Rio de Janeiro

Uma mulher vestida de noiva, em seu vestido já amarelado, obcecada por sua própria beleza, procura de forma esperançosa e incessante o homem que a fará feliz e preencherá o seu desejo de se casar. Uma mulher que, na tentativa de ser alguém, acaba se desencontrando de si própria e perde a própria identidade, passando a perambular nesse espaço, à procura de si mesma e carregando consigo tudo que possui: suas malas. Uma mulher que vive, enterrada em um vaso de plantas, a esperança manca de um dia ir embora desse lugar, levada por alguém que virá movê-la, esperança essa que é mantida pelas flores que recebe diariamente de um remetente desconhecido. Essas três personagens têm suas buscas e seus vazios alimentados por um Zelador que tem o domínio sobre esse espaço e que se diverte com os conflitos e angústias dessas mulheres, que se tornam o objeto que ele tem para alimentar seu próprio vazio e sua ficção.

Orientada por Gustavo Rocha, diretor convidado para este segundo trabalho, a Quesquecé Companhia de Teatro começa 2013 com novo espetáculo que trata dos questionamentos de quatro personagens que vagam por um espaço cuja única saída é uma escada. ‘Depois da última escada’ nos mostra que a comédia de estar vivo aparece nos momentos de maior angústia individual. Sua criação se baseia na exacerbação da forma dos personagens para evidenciar seu patético estar no mundo e contar suas estórias.

Sobre Quesquecé Companhia de Teatro
Formada há cerca de quatro anos, por três atrizes e um produtor, dedica-se aos estudos das dinâmicas teatrais contemporâneas desconstruindo e remontando sua dramaturgia e sua encenação a partir de experimentações avessas aos padrões do drama tradicional. Para realizar seus trabalhos, convida um diretor que possa orientar o processo dramatúrgico da companhia. O primeiro espetáculo teve duas temporadas, em 2008 e 2009, no Parque das Ruínas com o espetáculo ‘Vestindo as horas que passamos juntos’, dirigido por João Marcelo Pallottino. Desta vez, a criação das atrizes-dramaturgas agora se dará em torno das dinâmicas de personagens que transitam em um pequeno ponto perdido no nada, que não se parece com coisa nenhuma.

SINOPSE Depois da Última Escada O vazio e os sonhos movem quatro personagens a perambularem em um espaço onde existe apenas uma escada que poderia levá-los a outro lugar. Pateticamente nenhum deles se atreve a subir.

Texto e concepção: Quesquecé Cia de Teatro | Direção: Gustavo Rocha |Elenco: Camila Costa, Juliana Soure, Mariana Rego e Renato Valença | Dramaturgia: Quesquecé Cia de Teatro

<strong> INFORMAÇÕES – Depois da Última Escada</strong> <br>Local: Teatro Candido Mendes (Capacidade: 133 lugares) <br>Rua Joana Angélica, 63, Ipanema Telefone: (21) 2267-7295 <br>Data: até 07 de abril de 2013<br>Horários: sextas e sábados, às 21h30, domingos, às 20h30<br>Ingresso:R$ 40,00 (inteira) <br>Duração: 80 minutos <br>Classificação indicativa: 12 anos.

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *