Recife se baseia na cultura afro para criar novos roteiros turísticos

Uma oficina vai debater a criação de novas rotas para o turismo cultural do Recife. A ação ação faz parte do mini curso “Novos tempos, velhas culturas: o território afro-brasileiro como objeto de discussão para o turismo cultural no Recife”, promovido pela Secretaria de Cultura da Cidade do Recife para comemorar o mês da Consciência Negra. As inscrições para participar do mini curso estão abertas a partir desta quinta-feira (10) até o próximo dia 17.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas na Casa do Carnaval, localizada no Pátio de São Pedro, nº 52, das 9h às 17h. O mini curso será realizado entre os dias 22 e 25 de novembro, das 14h às 17h.  A oficina será dividida em dois momentos. O primeiro, com aulas teóricas, abordará os seguintes assuntos: a pluralidade dos discursos e a invenção do medo em torno das culturas afro-brasileiras; o Recife como território da cultura negra (gastronomia, ritmos, festas, lugares, religiosidades); o turismo e o planejamento sustentável. A segunda etapa consistirá numa visita técnica ao Ilê Obá Aganju Okoloya, espaço significativo para a história da cultura afro-brasileira no Recife.

O curso será ministrado pelos professores Ester Monteiro (Mestre em Antropologia, UFPE); João Paulo da Silva (Turismólogo Mestre em Extensão e Desenvolvimento Rural – UFRPE; Professor do Curso de Turismo da Faculdade Joaquim Nabuco) e Mário Ribeiro (Doutorando em História – UFPE; Professor do Curso de Turismo da Faculdade Joaquim Nabuco).

Informações: 3355-3302/ 3355-3303

 

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *