IPHAN prorroga inscrições para projetos de comunidades de terreiro

O prazo para inscrição de projetos no Prêmio Patrimônio Cultural dos Povos e Comunidades Tradicionais de Matriz Africana foi prorrogado mais uma vez. A ação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) tem o objetivo de promover o reconhecimento das ações de preservação, valorização e documentação desse patrimônio cultural brasileiro.

 

Com o novo prazo, as comunidades de terreiro têm até 29 de agosto para entregar suas propostas em uma das duas categorias estabelecidas pelo texto do certame. Em Maceió, os interessados podem deixar suas propostas até o dia 28 de agosto, em horário comercial, na sede da Superintendência Estadual do IPHAN em Alagoas, no bairro de Jaraguá. Os projetos também podem ser encaminhados diretamente ao Instituto, via SEDEX ou serviço similar, e endereçadas aos cuidados do Departamento de Patrimônio Imaterial do IPHAN.

 

Na primeira categoria serão selecionados dez projetos para uma premiação de R$ 40 mil cada. Neste caso, serão contempladas ações de preservação do Patrimônio Cultural Tombado ou em Processo de Tombamento pelo IPHAN, que tenham sido desenvolvidas por associações representativas dos povos e comunidades tradicionais de matriz africana.

 

Na segunda categoria serão distribuídos 25 prêmios, de R$ 24 mil cada, para ações de preservação do Patrimônio Cultural que tenham sido desenvolvidos pelas associações representativas dos povos e comunidades tradicionais de matriz africana de todo o Brasil.

 

Apenas instituições formalizadas como pessoas jurídicas de direito privado sem fins lucrativos poderão participar da seleção. O texto completo do edital, os procedimentos necessários para participação e os formulários para inscrição estão disponíveis no site do IPHAN (www.iphan.gov.br). Mais informações pelo endereço: povos.matrizafricana@iphan.gov.br

 

 

FMAC oferece apoio local

 

Percebendo a importância do edital para as comunidades tradicionais de matriz africana de Maceió, a Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac), em parceria com a Superintendência Estadual do IPHAN em Alagoas, realizou uma oficina para esclarecimento de dúvidas acerca do concurso. A capacitação aconteceu no dia 10 de julho, no auditório da Superintendência do IPHAN, no bairro de Jaraguá, e foi ministrada pela técnica do IPHAN e representante dos segmentos Arquivo, Patrimônio Material, Imaterial e Museus no Conselho Municipal de Políticas Culturais de Maceió, Greiciene Lopes.

 

A FMAC também disponibiliza um serviço permanente de auxílio aos interessados em concorrer ao edital. Dúvidas e até mesmo apoio para confecção dos projetos podem ser conversados com a equipe da Diretoria de Políticas Culturais da Fundação. O agendamento pode ser feito pelo telefone 3221-2090, das 8h às 14h.

 

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *