Show “Sopro de Noel” na CAIXA Cultural homenageia Noel Rosa

aquinteto_pixinguinhaA CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta o concerto “Sopro de Noel”, que reúne os artistas Altamiro Carrilho, Nivaldo Ornelas e o Quinteto Pixinguinha para homenagear o compositor carioca Noel Rosa, no ano em que se comemora o centenário de seu nascimento. As apresentações acontecem nos dias 8, 9 e 10 de junho no Teatro Nelson Rodrigues, com direção artística de Gustavo Laranja.

A reunião de nomes expressivos da música instrumental brasileira busca atualizar a herança de Noel, para além da dimensão já conhecida de suas canções, e retomar o melodismo característico de seu patrimônio musical. O Quinteto Pixinguinha, Nivaldo Ornelas e Altamiro Carrilho mostram no palco suas recriações da obra do compositor, conhecido pela boemia e malandragem tipicamente carioca.

O Quinteto Pixinguinha é formado por Mauro Senise, Kim Ribeiro, Franklin da Flauta, Andréa Ernest Dias e Raimundo Nicioli. O grupo, fundado em 1973 com o aval do próprio Pixinguinha, possui composições com vários tipos da família das flautas e, ainda, sax soprano. Os músicos atuam em diversas áreas: jazz, choro, música erudita, entretenimento, arranjo, gravação. Amigos de longa data, fazem do Choro a linguagem comum a todos.

Saxofonista, flautista, compositor e arranjador musical, Nivaldo Ornelas foi um dos fundadores do “Berimbau Jazz Clube”, ponto de encontro dos músicos mineiros nos anos 60. Atuou como solista na Rio Jazz Orchestra e na Orquestra de Jazz de Curitiba. Marcou presença em festivais no Brasil e no exterior, como o Free Jazz (RJ/SP), Tudo é Jazz (Ouro Preto/MG), Montreux (Suíça), Live Under the Sky (Japão), Chicago Jazz Festival (EUA), entre outros. Lançou, em 2009, o cd “Fogo e Ouro” e fez composições para cinema, teatro e balé. O músico mineiro será acompanhado por Paulo Braga (Bateria), Sérgio Barrozo (Baixo) e Kiko Continentino (Piano). O show conta ainda com a participação do saxofonista Ricardo Serpa.

Altamiro Carrilho é um dos mais destacados artistas da música instrumental brasileira. Compositor e flautista, compôs cerca de duzentas canções e já se apresentou em mais de quarenta países difundindo o choro brasileiro. Tornou-se conhecido internacionalmente na década de 60, quando apresentou-se em diversos países, como Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Alemanha, Egito, México e Estados Unidos. Em sua apresentação no projeto “Sopro de Noel”, Altamiro será acompanhado por um quarteto formado por Pedro Bastos (violão de 7 cordas), Mequinho (violão de 6 cordas), Maurício Verde (cavaquinho) e  Eber de Freitas (percussão e bateria).

O repertório alterna releituras de clássicos do compositor carioca (como “Palpite Infeliz”, “Feitiço da Vila” e “Feitio de Oração”) e composições dos próprios músicos. Como parte do projeto, os músicos ministrarão oficinas gratuitas, sempre às 15h, nos dias das apresentações. Inscrições para as oficinas podem ser feitas através do endereço eletrônico soprodenoel@candela.com.br

Noel Rosa

Nasceu em 11 de dezembro de 1910, no Rio de Janeiro (RJ). Aprendeu, ainda jovem, a tocar bandolim com a mãe e a tocar violão com o seu pai. Foi cantor, compositor, bandolinista, violonista e um dos mais importantes artistas da música no Brasil. Estudou Medicina, mas preferiu dedicar-se à música, até tornar-se um dos maiores sambistas brasileiros de todos os tempos. Faleceu aos 26 anos, em 1937.

Show “Sopro de Noel – Homenagem a Noel Rosa”
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Teatro Nelson Rodrigues (388 lugares)
Endereço: Av. República do Chile, 230, Centro (Próximo ao Metrô: Estação Carioca) Telefone: (21) 2262-8152
Temporada: Dias 8, 9 e 10 de junho (terça, quarta e quinta) às 19h30
Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)
Duração:
1h30 | Classificação indicativa: Livre
Bilheteria: de terça a domingo, das 15h às 20h
Acesso para portadores de necessidades especiais
Acesse a programação da CAIXA Cultural: www.caixa.gov.br/caixacultural

8, 9 e 10 de junho de 2010 – Teatro Nelson Rodrigues

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *