Segunda Lapa

Quatro novos bambas do samba– Alfredo Del-Penho, João Cavalcanti, Moyseis Marques e Pedro Cavalcanti - se encontram no palco do Studio RJ, no projeto que tem lotado a casa no começo da semana e faz duas edições (06 e 13 de janeiro)

Uma segunda Lapa, agora no arpoador. Ou o Arpoador com ares de Lapa, às segundas. “Somos assíduos frequentadores de Ipanema como pessoas físicas, mas não musicalmente”, brinca Pedro Miranda. É a primeira vez que os quatro amigos se reúnem coletivamente num projeto – o embrião começou em 2009, em shows na Modern Sound, com Alfredo, João e Pedro, mas ainda sem Moyseis. Além da mudança de habitat, “Segunda Lapa” é a oportunidade dos quatro, fãs dos trabalhos uns dos outros, arejaram repertório e seus shows habituais. Um parque de diversões entre amigos, que além de cantarem, se acompanham: Alfredo Del-Penho no violão de sete cordas, Moyseis Marques no violão e João Cavalcanti e Pedro Miranda nas percussões, acompanhados ainda de André Vercelino e Marcos Basilio (percussão) e João Callado (cavaquinho).

O repertório passeia por composições de cada um, que inclui inéditas, como “O Badábabá do Talarico”, de Moyseis, de seu novo CD, que sai em janeiro, pela Biscoito Fino, e a já clássica “Nomes de Favela”, do mestre Paulo César Pinheiro, popularizada na gravação de Moyseis. De João, estarão lá “Mulato”, de seu disco solo a ser lançado esse ano e “Inconstante”, gravada pelo seu grupo Casuarina. Já Pedro Miranda escolheu “Pimenteira”, faixa título de seu mais recente álbum, e “O samba é meu dom” (de Paulo César Pinheiro e Wilson das Neves), sucesso de seu disco de estreia, entre outras. De Alfredo veio “Caso encerrado”. Parcerias tem seus lugares garantidos, já que o quarteto frequentemente se visita. É o caso de “Fulô de cajú”, de João com Alfredo, que compõe o recém lançado quarto CD do Casuarina, “Nem misturado, nem junto”, parceria de Moyseis com João, ainda inédita, e “Pra desengomar”, de Alfredo e Moyseis, que dá título ao mais recente trabalho de Moyseis.

Studio RJ Av. Vieira Souto, 110 – 1º andar – Arpoador/ Ipanema RJ. Tel – (21) 2523-1204. (300 pessoas).
06 e 13 de fevereiro de 2012 – Segunda, às 21h30. R$ 40,00 (inteira) | R$ 20,00 (meia entrada, lista amiga ou levando. Formas de pagamento: dinheiro, cheque e todos os cartões de crédito e débito. Classificação: 18 anos. Ar-condicionado central www.studiorj.org | Facebook: www.facebook.com/studiorj

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *