PINHÃO

Pinhão do Paraná

O que é? De onde vem?
Vem da árvore da “Araucária anjustifolia”. Já cobriu boa parte do território de Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O fruto do pinheiro é a pinha, onde encontramos a semente, isto é, o pinhão, que é um excelente alimento.

Os pequenos animais que se alimentam do pinhão são os responsáveis pela plantação dos pinheirais. Da anta ao sabiá, da queixada à impressionante gralha azul, da vaca ao cavalo, do tatu à pomba rola, todos gostam do pinhão. A gralha azul é
capaz de “plantar” 3 mil pinheiros por hectare. E o que a
gralha azul planta nasce forte e vigoroso. Nos
campos de vegetação rasteira formam-se
galpões de pinheiros graças à gralha azul,
que enterra os pinhões em locais
úmidos. Infelizmente, é uma ave
quase extinta. Ela é o símbolo
da gastronomia de
Visconde de Mauá. Roberto Magalhães, famoso e renomado pintor, deu ao Concurso Gastronômico um desenho deste belíssimo pássaro, que ilustra todo o material promocional do concurso.

O pinhão tem a forma de um foguete espacial, com cerca de 5 cm de comprimento, recoberto por uma casca lisa de cor castanha.

A polpa é a parte comestível, muito dura crua, e deliciosa quando cozida. É formada basicamente de amido.

100 gramas de pinhão cozido correspondem a: Calorias195,5Proteínas3,94Cálcio35 mgFerro70 mgVitamina B11350 mgVitamina B54700 mgGlicídios41,92 gLipídios1,34 gFósforo136 mgVitamina A3 mgVitamina B2240 mgVitamina C13,9 mg
Cozido ou assado na brasa, não tenha pressa. Deixe o fogo atuar lentamente para que a casca se abra e libere todas as qualidades de aroma e sabor dessa maravilha da natureza.

    Author: Redação

    Share This Post On