Orquestra À Base de Sopro apresenta-se em São Paulo

A Orquestra À Base de Sopro, grupo artístico da Fundação Cultural de Curitiba, segue neste fim de semana para São Paulo e faz no próximo domingo (13), às 19h, no Auditório Ibirapuera, um show com o pianista e compositor André Mehmari. O espetáculo marca o lançamento do DVD gravado pela orquestra, junto com o compositor, em junho de 2011, no Teatro HSBC, em Curitiba.

Para Sérgio Albach, diretor artístico da Orquestra À Base de Sopro, a apresentação em São Paulo pode ser considerada uma das mais importantes da carreira do grupo. É a primeira vez que a orquestra realiza concerto na capital paulista, sendo uma oportunidade para divulgar o trabalho dos músicos curitibanos, especialmente a parceria com André Mehmari, com quem a orquestra tem realizado vários trabalhos.

O roteiro do espetáculo no Ibirapuera é o mesmo do show registrado em DVD, com a maior parte das composições de autoria do pianista, entre elas duas peças escritas exclusivamente para a orquestra – Curitiba Noturna e Passeio. Entre as demais obras estão Uma Valsa em Forma de Árvore, Brilha o Carnaval, Segundo Tema e De Sol a Sol, em arranjos exclusivos para o grupo.

O espetáculo reúne dois destaques da música instrumental brasileira da atualidade. André Mehmari é apontado como uma das revelações da música brasileira recente, premiado tanto na área erudita como popular. Nascido em Niterói, teve sua formação musical em São Paulo. Tornou-se mais conhecido pelo grande público quando venceu em 1998 o primeiro Prêmio Visa de MPB.

André teve suas composições e arranjos tocados por alguns dos mais expressivos grupos orquestrais e de câmara brasileiros – a OSESP, OSUSP, Banda Sinfônica do Estado (para a qual compôs “Enigmas” em 1999), Jazz Sinfônica, Quarteto da Cidade de São Paulo, Quinteto Villa-Lobos e Sujeito a Guincho. Como instrumentista atuou e gravou com importantes artistas da MPB, entre eles Mônica Salmaso, Sérgio Santos, Joyce, Milton Nascimento, Guinga, Toninho Horta e Dori Caymmi. Gravou CDs com Ná Ozetti, Hamilton de Holanda e Gabriele Mirabassi. Com o álbum Nonada foi indicado ao Grammy latino, em 2008.

A Orquestra À Base de Sopro, mantida pela Fundação Cultural de Curitiba, é considerada um dos principais grupos de música instrumental brasileira. Foi criada por Roberto Gnattali a partir da divisão da Orquestra do Conservatório em Cordas e Sopros. Em 2007, lançou um CD com músicas de Waltel Branco e foi convidada a participar do 8° Festival de Música Instrumental de Tatuí.

O grupo é formado por 17 músicos que tocam flautas transversais, clarinetes, clarone, sax alto, sax tenor, trompetes e trombones. Possui ainda uma base rítmico-harmônica integrada por piano, guitarra, baixo, bateria e percussão. Desde 2002, a direção artística está a cargo do clarinetista Sérgio Albach. A Orquestra já se apresentou ao lado de Itiberê Zwarg, Proveta, Léa Freire, Roberto Sion, Toninho Ferragutti, Vittor Santos, André Mehmari, Mauro Senise, Laércio de Freitas, Teco Cardoso, Gabriele Mirabassi e Arrigo Barnabé.

O projeto de gravação do DVD da Orquestra À Base de Sopro com André Mehmari foi idealizado e teve a coordenação geral de Sebastião Interlandi. A direção de vídeo ficou a cargo de João Gomes, em parceria com a Spin Filmes.

Clique no link abaixo para conferir trechos do DVD:

http://www.youtube.com/watch?v=E3UykejjYiA&feature=youtu.be

Coordenação de Comunicação Social
Fundação Cultural de Curitiba
www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br
Phone: + 55 41 3213-7530

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *