Morre aos 68 anos o músico Magro, do MPB4

Morreu nesta quarta-feira, aos 68 anos, o músico Antônio José Waghabi Filho, conhecido como Magro, integrante do quarteto MPB4. Ele estava internado no Hospital Santa Catarina, em São Paulo, para tratamento de um câncer na próstata.

 

No site oficial, o MPB4 lamenta a morte do integrante do grupo: “Depois de longa luta pela vida, Antonio José Waghabi Filho, o Magro do MPB4, nos deixou. Com ele vai junto uma parte considerável do vocal brasileiro. Com ele foi a minha música. Fraternalmente, Aquiles”.

 

O velório será na Beneficência Portuguesa de São Paulo, no bairro de Paraíso. O corpo será cremado nesta quinta-feira, no Cemitério da Vila Alpina, na Zona Leste.

Compositor, arranjador e instrumentista, Magro nasceu em Itaocara, na Região Noroeste do Rio de Janeiro, em 14 de novembro de 1943. Ele começou seus estudos de piano ainda em Itaocara, onde também fez parte da banda de música Sociedade Musical Patápio Silva.

 

Em 1959, mudou-se para Niterói (RJ), onde estudou com Eumir Deodato, Guerra Peixe e Isaac Karabtchewsky. Um ano depois iniciou sua carreira profissional, como vibrafonista do conjunto de bailes Praia Grande. Três anos depois, fundou o Quarteto do CPC com Miltinho, Ruy e Aquiles, que um ano depois virou MPB4.

 

Magro foi responsável por arranjos e orquestrações para discos de outros artistas, como Chico Buarque, Toquinho e Vinicius, entre outros.

 

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *