Mão de Obra no Brasil

 

    A oferta de mão de obra na economia brasileira (População Economicamente Ativa – PEA) cresceu de forma paralela ao aumento da população total do país: cresceu cerca de 5 vezes entre 1940 e 2000. O maior incremento ocorreu na década de 70, quando o percentual de crescimento chegou a 48%.

    Esse período foi marcado pela inclusão definitiva do Brasil no rol dos países urbanizados.

    Vale lembrar que a mulher contribuiu de maneira considerável para esse aumento. Na década de 70 a oferta de mão de obra feminina cresceu 32%, valor superior ao de outras décadas.

    E de lá para cá não parou mais de crescer, convergindo para se equiparar à participação masculina.

    O mercado de trabalho exige cada vez mais uma mão de obra qualificada. Nesse sentido, o nível de instrução dos trabalhadores vem seguindo os rumos determinados por essa exigência. Acompanhando este movimento, os trabalhadores brasileiros vêm apresentando níveis de instrução mais elevados.

 

    Author: Redação

    Share This Post On