DOMINGUINHOS – “70 anos de estrada”

Dominguinhos com show em Curitiba na inauguração oficial do Novo Calamengau. Como é bom ouvir a música de Dominguinhos. Com ele tocando vem à tona o sentimento do compositor mostrando seu tema; nos arranjos de outros músicos ouve-se tudo o que sua música permite explorar. O que não é pouco.

Tendo completado recentemente 70 anos de idade, e 50 de carreira, Dominguinhos, principal herdeiro de nomes como Gonzagão e Humberto Teixeira, é hoje o maior sanfoneiro do Brasil e já tocou com os mais diversos nomes da MPB. Embora tenha partido do que há de mais tradicional na música regional nordestina, inovou o baião e o xote com sonoridades do jazz, bossa nova e choro. Em 1967 gravou seus primeiros trabalhos instrumentais de forró pelo selo Cantagalo e chamou a atenção dos tropicalistas Gilberto Gil e Gal Costa com quem tocou em shows e álbuns de enorme sucesso e repercussão. Ao lado da esposa e parceira Anastácia compôs clássicos como Eu Só Quero Um Xodó, Tenho Sede, De Amor Eu Morrerei, Lamento de Saudade, Saudade Matadeira e Forró em Petrolina.

Assim será a apresentação que seu amigo, o cearense Maerlio, do Calamengau em homenagem fará a Dominguinhos pelos seus 70 anos de vida deste grande nome da música popular brasileira.

O repertório de Dominguinhos instrumental é grande. São faixas misturadas à sua produção cantada encontradas em vários discos e outras totalmente dedicadas ao seu lado músico.

 

Local: NOVO CALAMENGAU

Av. Mal. Floriano Peixoto, 7021 – V. Hauer

– depois da passarela e antes da Casas China

Reservas e informações: 3024-4546 e 9904-5129

    Author: Redação

    Share This Post On

    1 comentário

    1. f7Nq22 Awesome blog.Much thanks again. Really Great.

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *