Começa os Caminhos do Frio

Começa nesta segunda-feira (23) a Rota Cultural do projeto Caminhos do Frio. Até o dia 2 de setembro, cerca de 30 mil turistas devem participar das atividades em seis cidades do brejo paraibano – Bananeiras, Serraria, Pilões, Areia, Alagoa Grande e Alagoa Nova – que fazem parte do roteiro. As seis cidades juntas irão movimentar mais de R$200 mil apenas na área cultural, oferecendo uma vasta programação.
*BANANEIRAS* – Cada uma das seis cidades que compõem o Caminhos do Frio tem uma rota cultural específica, com apresentações culturais, festivais gastronômicos, oficinas, atividades de ecoturismo e esportivas, feira de artesanato, exposições culturais, entre outras atrações. Bananeiras inicia as atividades do projeto com a programação “Aventuras e Arte na Serra”, entre os dias 23 e 29 de julho. Na cidade, os turistas poderão participar do Festival Gastronômico, de trilhas ecológicas, de apresentações teatrais e musicais, como a orquestra sanfônica e show da banda Cabruêra. * *SERRARIA* – Com o término do roteiro de Bananeira, entre os dias 30 de julho e 6 de agosto, começa a rota de Serraria “Natureza, Seresta e Engenhos”. Na cidade, serão realizadas oficinas culturais, apresentações artísticas e shows, como o dos 3 do Nordeste, do Paraíba Sim Sinhô, além de sanfoneiros e seresteiros da região. O roteiro da cidade conta ainda com espetáculo de circo, com a Cavalgada da Fé e visita a engenhos.
Central de Serraria*PILÕES* – De 6 a 12 de agosto é a vez de Pilões, com a “Festa das Flores, Banana e Artes”. O municípios vai oferecer oficinas artísticas, apresentações culturais de grupos de dança Caetés e Acauã da Serra (UEPB), da orquestra Sanfônica do Cariri e literatura de cordel “Gilberto Baraúna”, além de trilhas ecológicas na Pedra do Espinho, Cachoeira do Ouricuri e na área de floricultura.
*AREIA *- O próximo município a receber a rota cultural Caminhos do Frio é Areia, com a programação “Areia: Frio, Cachaça e Arte”, de 13 a 19 de agosto. A abertura será com apresentação da Filarmônica Abdón Milanez, no Adro do Solar José Rufino. Com uma vasta programação, a cidade vai realizar diversas apresentações culturais, como o espetáculo de dança do grupo Tradições Folclóricas Moenda (Areia), shows das Bastianas, corrida de bike, Encontro de Capoeira e Troca de Cordéis, visitação à casa de doce A Bagaceira, entre outras atividades. *Tributos a Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro* Em Alagoa Grande, as atividades têm início no dia 20 de agosto e seguem até o dia 26 de agosto, com a “Festival de Artes Populares Jackson do Pandeiro”. Na cidade, serão realizadas apresentações culturais, como a “Um olhar Jacksoniano” do grupo Outros, teatro infantil, shows com Boby e Amanda, Márcio Jr e Robério, desfile da banda marcial Paraybana, abertura oficial do Festival de Artes Populares Jackson do Pandeiro com Oliveira de Panelas, apresentações da Orquestra Cônego Firmino Cavalcante “A Maravilhosa Música de Jackson do Pandeiro e Luiz Gonzaga” e das Cirandeiras do Povoado Caiana dos Criolos, além do show com a banda Jackson Envenenado.
Alagoa Grande ainda vai promover a apresentação do Coco de Embolada de Manoel Batista, o Encontro dos Filhos e Amigos de Alagoa Grande, oficinas de Xilogravura, de Hip Hop e de elaboração de Projetos, a 6ª Trilha de Moto dos Engenhos, 1º Passeio Ciclístico, 1ª Exposição de Agronegócios, 12ª Cavalgada de Alagoa Grande, 2º Encontro dos Blogueiros e o VI Encontro de Dança de Rua.
*ALAGOA NOVA* – O Caminhos do Frio será encerrado com a rota cultural de Alagoa Nova, com a programação do ““Festa da Civilização do Açúcar”, entre os dias 27 de agosto a 2 de setembro. Na abertura, no teatro municipal, será realizado um “Tributo aos 100 anos do Rei do Baião”. A rota de Alagoa Nova vai contar com oficinas, como a de Birimbau Terapia, apresentações culturais, exibição de filmes, espetáculo circense, festival gastronômico, visita ao Engenho Vaca Brava, shows do Clã Brasil de Vinicius e Sobral, Forró e Gastronomia Cachaça Volúpia (Engenho Lagoa Verde), entre outros. Estão programadas ainda a realização do VII Salão de Artesanato e Encontro de Quadrilhas.
*Para participar* Nesta sétima edição, o Caminhos do Frio apresenta algumas inovações. A presidente do Fórum do Turismo Sustentável do Brejo, Vânia Galdino, disse que as atividades da rota cultural serão realizadas tanto na zona urbana quanto na zona rural das cidades. “Outro diferencial é a participação da comunidade, que está cada vez mais envolvida no evento, participando do processo, o que tem promovido um sentimento de pertencimento”, destacou.
Para quem quer participar do roteiro, a dica é procurar o quanto antes agências de turismo ou de receptivo. “Este ano estamos recebendo uma grande demanda de pessoas interessadas em participar do roteiro. Empresas de turismo da Paraíba e de estados vizinhos já estão fazendo contatos e reservas”, ressaltou a presidente do Fórum.
A rota cultural do Caminhos do Frio é uma realização do Fórum do Turismo Sustentável do Brejo, entidade que atua na implementação da cadeia do turismo na região. O projeto tem parceria do Sebrae Paraíba, Governo do Estado e Banco do Nordeste. Informações: http://www.caminhosdofrio.com/
*Serviço* *Bananeiras* – “Aventuras e Arte na Serra” – 23 e 29 de julho *Serraria* – “Natureza, Seresta e Engenhos” – 30 de julho e 6 de agosto *Pilões* – “ Festa das Flores, Banana e Artes” – 6 a 12 de agosto *Areia* – “Areia: Frio, Cachaça e Arte” – 13 a 19 de agosto** *Alagoa Grande* – “Festival de Artes Populares Jackson do Padeiro”, de 20 a 26 de agosto. *Alagoa Nova* – “Festa da Civilização do Açúcar”, de 27 de agosto a 2 de setembro

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *