Aniversário do Mestre Monarco

São 75 anos de vida, mais de meio século de samba. Monarco tem a voz, a postura e o equilíbrio do samba brasileiro. Tem a cara firme, marcada e marcante do homem brasileiro. E num momento em que se fala me à pessoa ou ao vozeirão que se divide entre o grave e suave sem desafinar nem atordoar os ouvidos, Monarco é autor de pérolas como Lenço, tanto em ética (e na falta dela), posso garantir que Monarco tem a cara da ética, no que a ética tem de melhor. Por isto, transmite tanta confiança. E tanta gente confia nele.

Hildemar Diniz – o Monarco da Velha Guarda da Portela, compositor de encher os olhos, autor de sambas que estão entre os mais deliciosos da MPB e do repertório de excelências como Zeca Pagodinho, Paulinho da Viola, Clara Nunes, Martinho da Vila e Beth Carvalho – é um carioca da gema e faz aniversário no dia 17 de agosto. Para quem não liga o Vai vadiar, Tudo menos amor, Coração em desalinho, Passado de glória, Rancho da primavera e mais um caminhão de obras-primas.

Com o seu eterno e indiscutível amor ao samba e à Portela, Monarco já formou duas gerações, dentro da própria família, de seguidores dos seus passos. O último pilar da ponte já está começando a acontecer no mundo da música, a linda neta Juliana (cantora e atriz), filha de seu filho Mauro Diniz – também compositor e um instrumentista de altíssimo nível.Tem mais um bamba no ramo: o cantor e compositor Marquinhos Diniz, uma das feras do Trio Calafrio. Todos seguem a tradição do velho Hildemar, da velha guarda, da escola de samba querida e também dos principais parceiros de Monarco, como Alcides Dias Lopes (o Malandro Histórico da Portela), Chico Santana, Manacea, Mijinha e Candeia. Infelizmente,todos já mortos. Monarco tem alguns discos gravados (com certeza, bem menos do que merece), inclusive no Japão. Ainda hoje, corre para cima e para baixo (quando faz bom tempo, viaja até para a França), em busca de shows que garantam o seu sustento. Mas sempre sem perder a tranqüilidade, a cordialidade e o bom humor. É um dos homens mais bonitos e dignos que eu conheço.

Teatro Rival Petrobras (472 lugares) – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Cinelândia. Tel. 2524-1666.
Dia 18 de agosto de 2011 – Quinta, às 19h30. Ingressos: R$ 50,00 (inteira) R$ 40,00
(os 100 primeiros pagantes) R$ 25,00 (meia). Classificação: 16 anos. www.rivalpetrobras.com.br

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 11 =