FOLCLORE BRASILEIRO – São Paulo

Mesmo sendo São Paulo o estado mais importante do Brasil, seja por suas indústrias como por suas lavouras, isto não tira do paulista as suas tradições e a presença do folclore neste estado é muito significativa, tendo em vista a influência dos italianos, alemães, portugueses, sírios e japoneses. Até bem pouco tempo devido à força de seu interior, a imagem do paulista era a de fazendeiro. O Folclore é variado nesta região e vamos encontrar nas danças : a Congada, o Fandango e o Samba-Lenço, que é uma dança de origem africana. Faz-se duas filas que se defrontam. Os homens e as mulheres ficam com um lenço na mão e acenam para o cavaleiro ou a dama. Tanto o homem quanto a mulher podem ter a iniciativa de ir dançar, basta sair da fileira, acenar para a pessoa com a qual quer dançar e dirigem-se ao centro. O principal instrumento é a caixa que varia de tamanho e quantidade ( de uma a seis) .

Às vezes, usam-se pandeiros e guaiás, que é uma espécie de chocalho. Nas festas e folguedos, as mais tradicionais figuras são a de João Paulino e Maria Angu. São bonecos gigantes, cujos corpos são feitos de cestos grandes de modo que caiba uma pessoa em cada um deles. Sobre os cestos colocam-se os braços de trapo e a cabeça de papelão. Após a procissão saem para passear na cidade, de vez em quando acompanhados da Miota, uma boneca alta e magra de pescoço comprido e do Boi, que a defende da criançada, que vai atrás do casal junto dos violeiros que cantam versos e do tocador de bumbo. Dos ritos o mais difundido é a Umbanda com influência espírita e de origem africana. Nele há uma divisão – Lei Umbanda ( magia branca) e a Lei da Quibanda ( magia negra). Ao som dos tambores ritmados há a “possessão” pela divindade que “baixa”numa pessoa. O chefe é o babalorixá e os que recebem os santos são chamados ” cavalos de Santo”.

« »

acompanhe

boletim

receba notícias do site por e-mail

busca de cifras

almanaque

Brasil Cultura - O portal da cultura brasileira (2004 - 2014)

Carregando, por favor aguarde...

Compartilhar o artigo Lorem ipsum:

Compartilhar por e-mail

Adicionar aos favoritos