O Papa Sorriu

O Museu de Arte Sacra de São Paulo – MAS/SP, equipamento da Secretaria de Estado da Cultura, exibe O Papa Sorriu, mostra que conta com 38 caricaturas feitas por 38 cartunistas brasileiros e estrangeiros. A exposição faz uma homenagem ao Papa Francisco, que completa um ano de papado mostrando simplicidade e bom humor no trato com todas as pessoas, fato evidenciado na ocasião de sua visita ao Brasil para a Jornada Mundial da Juventude, em 2013.

Impressionados com os sorrisos e abraços distribuídos pelo Papa, especialmente com os jovens, um grupo de cartunistas reuniu diversas obras que retratam o Pontífice e sua simpatia. O resultado foi a publicação do livro intitulado O Papa Sorriu, entregue pessoalmente ao Papa Francisco pelo Arcebispo metropolitano de São Paulo, Dom Odilo Scherer, no início de 2014. Agora, alguns desses trabalhos ocupam as paredes do MAS/SP em exposição inédita: “Para nós, demonstra que fazemos sim arte. É a primeira vez que caricaturas entram em um museu de arte sacra. Parabéns a todos que acreditaram em mais essa empreitada de nossas flash expo”, comenta José Alberto Lovetro, Presidente da Associação dos Cartunistas do Brasil.

Com traços característicos acentuados, os artistas criam desenhos de certa forma cômicos, que provocam todos os tipos de reação nos espectadores, desde a surpresa até a ternura. Entre os nomes de destaque, a mostra exibe trabalhos de artistas conhecidos nacionalmente, como Baptistão, Carlos Amorim, Gilmar Fraga, Gustavo Paffaro, J. Bosco, Junior Lopes, Luiz Carlos Fernandes, Mônica Fuchshuber, Omar Figueroa Turcius, Quinho, Sergio Morettini e William Medeiros.

Nas palavras de José Carlos Marçal de Barros, Diretor Executivo do MAS/SP: “Nas crônicas políticas e sociais, a caricatura constitui uma das mais aguçadas formas de expressão. Nada parece escapar aos olhos do caricaturista, cujo poder de síntese revela um invejável conhecimento sobre a realidade e sobre o ser humano.”
Artistas em destaque
Baptistão – Ilustrador do jornal O Estado de São Paulo, da revista Veja e de diversos outros veículos da mídia. Premiado em Salões de Humor no Brasil e em vários países.

Carlos Amorim – Chargista lançado no Jornal O Pasquim, especializado em tiras diárias publicadas em diversos jornais no Brasil e vencedor de salões de humor pelo mundo.

GIlmar Fraga – Chargista do Jornal Zero Hora de Porto Alegre (RS) e vencedor de diversos salões de humor no Brasil e no mundo, também desenha para o mercado publicitário e de livros.

Gustavo Paffaro – Ilustrador da revista Veja e de diversos jornais. Vencedor de salões de humor e caricatura em todo o Brasil.

J.Bosco – Chargista do Jornal O Liberal de Belém do Pará, publicou vários livros de charges e foi premiado mundialmente em salões de humor.

Junior Lopes – Ilustrador de Veja e diversas revistas, vencedor de um prêmio de ilustração em Cannes na área de publicidade, artista plástico especializado em colagens.

Luiz Carlos Fernandes – Chargista do jornal Diário do grande ABC e de diversas revistas. Premiado no Brasil e em outros países, tem vários livros infantis publicados.

Mônica Fuchshuber – Artista plástica do Rio de Janeiro, com trabalhos nas áreas de design e ilustração.

Omar Figueroa Turcius – Desenhista colombiano que mora na Espanha, ganhou prêmios em salões de humor no mundo todo. Publica em revistas importantes da Espanha e de outros países europeus.

Quinho – Chargista do Jornal O Estado de Minas, caricaturista de Veja e Época, também foi premiado em diversos salões de humor.

Sergio Morettini – Desenhista de animação e quadrinhos com trabalhos para Editora Globo, Walt Disney (animação), Editora Escala, entre outros.

William Medeiros – Diretor de criação da Rede Paraíba de Comunicação (PB) e ilustrador da revista Brasília em Dia desde 1998. Vencedor de diversos Salões de Humor pelo Brasil.
O museu
Mantido pela Secretaria de Estado da Cultura, o Museu de Arte Sacra de São Paulo é uma das mais importantes instituições do gênero no país. É fruto de um convênio celebrado entre o Governo do Estado e a Mitra Arquidiocesana de São Paulo, em 28 de outubro de 1969, e sua instalação data de 28 de junho de 1970. Desde então, o Museu de Arte Sacra de São Paulo passou a ocupar ala do Mosteiro de Nossa Senhora da Imaculada Conceição da Luz, na avenida Tiradentes, centro da capital paulista. Seu acervo é composto por coleções do Governo do Estado, da Mitra Arquidiocesana, do Antigo Museu dos Presépios, da Ordem das Concepcionistas e de doações.

A edificação é um dos mais importantes monumentos da arquitetura colonial paulista, construído em taipa de pilão, raro exemplar remanescente na cidade, última chácara conventual de São Paulo. Foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, em 1943, e pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico e Arquitetônico do Estado de São Paulo, em 1979.

Tem grande parte de seu acervo também tombado pelo IPHAN, desde 1969, cujo inestimável patrimônio compreende relíquias das histórias do Brasil e mundial. O Museu de Arte Sacra de São Paulo detém uma vasta coleção de obras criadas entre os séculos XVI e XX, contando com exemplares raros e significativos. São mais de 14 mil itens no acervo. O museu possui obras de nomes reconhecidos, como Frei Agostinho da Piedade, Frei Agostinho de Jesus, Antonio Francisco de Lisboa, o “Aleijadinho” e Benedito Calixto de Jesus. Destacam-se também as coleções de presépios, prataria e ourivesaria, lampadários, mobiliário, retábulos, altares, vestimentas, livros litúrgicos e numismática.
Presidente do Conselho de Administração – José Roberto Marcellino dos Santos
Diretor Executivo – José Carlos Marçal de Barros
Diretor de Planejamento e Gestão – Luiz Henrique Marcon Neves
Diretora Técnica – Maria Inês Lopes Coutinho

Exposição O Papa Sorriu
Cartunistas: Alan Souto Maior, Alex Souza, Ariel Silva, Baptistão, Benjamim Cafalli, Bira Dantas, Bruno Honda Leite, Carlos Amorim, Claudio Duarte, Ed Carlos Joaquim, Eder Santos, Elihu Duayer, Fredson Silva, Gilmar Fraga, Gustavo Paffaro, J. Bosco, Jorge Barreto, José Alberto Lovetro, Junior Lopes, Luiz Carlos Altoé, Luiz Carlos Fernandes, Mello Cartunista, Mônica Fuchshuber, Nei Lima, Omar Figueroa Turcio, Paolino Lombardi, Quinho, Renato Stegun, Ricardo Soares, Rice Araujo, Rodrigo Brum, Sergio Mas, Sergio Raul Morettini, Seri Ribeiro Lemos, Vicente Bernabeu, Wal Alves, William Martins Ribeiro, William Medeiros
Curadoria: Rafael Alberto Alves
Abertura 14 de março de 2014, sexta-feira, às 19h
Período 15 de março a 30 de abril de 2014
Local Museu de Arte Sacra de São Paulo – www.museuartesacra.org.br
Avenida Tiradentes, 676 – Luz, São Paulo
Tel.: (11) 3326-5393 – visitas monitoradas
Horário De terça a sexta-feira, das 9h às 17h, sábado e domingo das 10h às 18h
Ingresso R$ 6,00 (estudantes pagam meia entrada); grátis aos sábados
Número de obras 38
Técnica Desenho sobre papel
Dimensões Variadas

 

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *